• Toshio Shimada

    Tamatori-Hime Significado e História

    A tatuagem da Tamatori hime tem muitos significados históricos e simbolicos. neste post vamos falar um pouco desta famosa lenda.

    O estilo de tatuagem japonês tem uma influência considerável até hoje, embora sua longa e gloriosa história remonte há muito tempo.  Os tatuadores japoneses começaram a arte no  período Yayoi  (c. 300 aC – 300 dC). Naqueles tempos, as tatuagens japonesas eram conectadas com espiritualidade e símbolos de status divinos, identificando o mestre do escravo. Porém, as coisas mudaram no período Kofun (300–600 DC), e as tatuagens começaram a ter uma conotação negativa, e desde então eram usadas para marcar os criminosos e infratores da lei.

    Uma população indígenas do Japão, os Ainus, que habitam o Japão há muitos anos, também costumam ter tatuagens em seus corpos e até mesmo em em seus rostos ocasionalmente, o que influenciava principalmente a atividade da tatuagem japonesa. A razão crítica por trás disso é porque eles se integraram e penetraram na civilização japonesa moderna.

    Tamatori-hime, literalmente “Princesa Tamatori” é a deusa ama. Ama são mergulhadoras japonesas tradicionais, geralmente mergulhadoras caçadoras de pérolas, elas são mergulhadoras de alto mar, famosas por seu incrível controle da respiração, também vasculham as profundezas em busca de frutos do mar ou outros tesouros. Ama são quase exclusivamente mulheres.

    A lenda conta que, um imperador chinês enviou uma joia preciosa como um presente para um nobre japonês. mas na viagem ela  Caiu no mar e se perdeu. Esta foi uma tremenda perda financeira e também uma fonte de humilhação para o imperador. Tamatori-hime, então uma mergulhadora mortal de pérolas, determinado a recuperar a joia perdida.

    Ela mergulhou no mar e localizou a gema, mas recuperá-la não foi uma tarefa fácil. Qualquer coisa que cai no mar pode ser interpretada como homenagem aos Reis Dragões do Mar ou pelo menos é assim que eles interpretam. Ryujin, o rei japonês do mar, reivindicou a joia como sua. Quando Tamatori-hime tentou recuperá-lo, ele a perseguiu. Ela era rápida, mas não era páreo para o dragão furioso.

    Pouco antes de pegá-la, Tamatori-hime relembrou uma lenda: dragões só podem tirar coisas dos vivos. Eles não podem remover nada de um cadáver. Ela cortou com a faca em seu próprio peito, colocando a gema preciosa dentro e flutuou para a superfície. A joia foi entregue ao seu dono e assim o kami, tão tocado pelo auto-sacrifício de Tamatori-hime, decidiu conceder a sua imortalidade e deu-lhe as boas-vindas em suas fileiras.

    Essa é a versão mais famosa dessa lenda, mas existem variações. Em alguns, Tamatori-hime se casa com um príncipe e tem um filho antes de sacrificar sua vida. Ela é venerada como um espírito ancestral e também como a deusa do mar.

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo