• Toshio Shimada

    Quem é Ebisu e o que ele simboliza?

    Ebisu Tattoo

    No Japão existe muitas divindades e criaturas inspiradoras Pra sua tatuagem.

    Muitas pessoas são atraídas pela arte japonesa por sua riqueza de detalhes e historias, quando alguém pensam em fazer uma nova tatuagem com algum tema oriental logo pensa em algo legado ao Japão.

    Se você é um amante de tatuagens japonesas (Irezumi), provavelmente já viu muitas expressões ferozes em criaturas e máscaras temíveis.

    Neste post vamos falar de um personagem que se chama Ebisu que no Japão também tem a cerveja que leva o nome de Yebisu Beer feita pela fabricante de cervejas japonesas Saporo Beer. Talvez voce ja deva ter visto ou ate tomado ela se você visitou o Japão. Esta figura redonda e de aparência agradável emprestou seu nome ate para a área da moda no Japão, uma cervejaria e muito mais, Alem de ter um bairro em Tokyo com o nome Ebisu (恵比寿 (渋谷区).

    Muitas figuras mitológicas ou religiosas no Japão tem expressões intimidadoras em seus rostos.

    Este não é um indicador de maldade ou intimidador.

    No mínimo, a maioria desses personagens tem uma natureza protetora ou são muito dedicados ao seu ofício como divindade.

    Se você está se perguntando “onde posso encontrar uma imagem para tatuagem japonesa com uma expressão amigável?”

    Então temos aqui um personagem para uma tatuagem com um aspecto bem agradável como o Ebisu.

    As imagens do Ebisu são muito populares no Japão e em outros lugares.

    Mas quem é Ebisu e o que o torna tão popular? Vamos dar uma olhada na divindade japonesa com uma disposição ensolarada.

    De onde ele veio e o que ele simboliza?

    Os Sete Deuses da Sorte

    Para saber mais sobre o Ebisu temos quer conhecer um pouco dos Sete Deuses da Sorte, ou Sete Deuses da Boa Sorte e Boa Fortuna, são bastante autoexplicativos.

    Eles são um grupo de sete deuses que simbolizam virtudes diferentes, e as pessoas podem prestar homenagem a esses deuses quando procuram sorte em uma determinada área de suas vidas.

    Os deuses vêm de varias partes da Ásia.

    Eles foram escolhidos entre os deuses e santos xintoístas, hindus, taoístas e budistas.

    Cada um dos Sete Deuses da Sorte pode ser uma ideia popular para tatuagem, dependendo de quem você gostaria de representar!

    Originalmente, esses ícones eram mencionados separadamente.

    Mas desde que foram escolhidos como os Sete Deuses da Sorte, eles podem ser retratados juntos na arte oriental.

    Muitas pessoas no Japão optam fazer uma tatuagem com todas as sete figuras – apenas para cobrir suas bases.

    Vamos fazer uma breve introdução sobre a chance de que Ebisu não seja o deus da sorte para você.

    Além do nosso amigo Ebisu, os Sete Deuses são:

    Hotei representa filantropia e economia.

    Ele é frequentemente descrito como um homem alegre rodeado de crianças, então ele também é o patrono das crianças.

    Com sua cabeça calva e barriga redonda, seu apelido é o “Buda sorridente”.

    Você provavelmente conhece Hotei, já que sua imagem é popular em todo o mundo!

    Daikoku, o patrono da riqueza, prosperidade e trabalho na cozinha.

    Por causa de sua combinação de comércio e produção de alimentos, os fazendeiros são um par natural com Daikoku.

    Benten é a única mulher do grupo.

    Ela representa amor, habilidades de raciocínio, literatura, música e fertilidade.

    Ela representa o lado artístico e feminino de alguém.

    Diz a lenda que Benten se casou com um dragão marinho, o que acabou com os ataques do dragão na ilha Enoshima.

    Jurojin representa a sabedoria que vem de uma vida longa e plena.

    Ele geralmente é representado com uma longa barba branca segurando um pergaminho que supostamente contém todo o conhecimento da terra!

    Fukurokuju é o patrono da riqueza e da longevidade.

    Diz-se que ele tem a capacidade de ressuscitar os mortos.

    Ele é freqüentemente chamado como patrono de mágicos, relojoeiros e jogadores de xadrez.

    Bishamon

    De uma forma bastante contraditória, Bishamon foi escolhido como um símbolo de felicidade e da guerra.

    O deus da realização das artes marciais, extermínio de demônios, segurança familiar e harmonia conjugal

    Ele é patrono de soldados, e também de missionários, padres e médicos.

    O que nos leva ao nosso amigo, completando os Sete Deuses da Sorte, Ebisu .

    Quem é Ebisu e o que ele simboliza?

    Deus da prosperidade dos negócios, ajuda em desastres, fertilidade de cinco grãos, proteção aos peixes grandes

    Como um deus que protege o sustento e traz bem-estar, ele é amplamente aceito nas crenças populares. Diz-se que o que era originalmente adorado entre os pescadores foi gradativamente aceito pelos mercadores e fazendeiros, como pode ser visto na estátua de um deus com chapéu de corvo e gravata e vara de pescar.

    Diz-se que é filho de uma grande nação e é o deus da pesca, do comércio e da agricultura que trazem “bênçãos de grandes pescarias”, “prosperidade comercial” e “abundância de cinco grãos”.

    Diz-se que a vara de pescar simboliza um coração puro que “pesca e não pesca”, isto é, não devora lucros e acredita que esse deus concederá boa fortuna se trabalhar com sabedoria e suar no corpo. Deus.

    Os Sete Deuses da sorte têm origens diversas.

    Ebisu é especialmente importante para os japoneses porque ele é a única figura no grupo que é 100% indígena do Japão que faz parte da tradição japonesa.

    Ebisu vem da religião Shinto que, ao lado do Budismo, ainda é a religião mais praticada no Japão hoje.

    Você pode ver estatuetas de Ebisu em lojas e muitos comércios, restaurantes e santuários religiosos.

    Ebisu é o patrono dos pescadores e comerciantes.

    Sempre sorrindo, Ebisu representa riqueza e boa fortuna.

    Muitos comerciantes no Japão costumam ter estatuas de Ebisu para obter orientação e boa sorte enquanto navegam em seu caminho dos negocios.

    Pessoas que trabalham na indústria alimentícia costumam adotar o Ebisu como patrono, e alguns estabelecimentos até têm a imagem dele estampados em seus uniformes!

    Temas comuns em tatuagens com Ebisu

    Na arte da tatuagem, o Ebisu pode ficar sozinho ou combinado junto com outras divindades, isso dependendo do motivo pelo qual você está fazendo a tatuagem.

    Ebisu tem um rosto carismático está sempre sorridente e tem um bigode e barba.

    Ebisu é uma figura barriguda e freqüentemente retratada com sua vara de pescar e carregando um peixe.

    Os peixes têm muitos significados na arte japonesa, e você pode fazer um peixe junto a sua tatuagem de Ebisu alem do que ele carrega em suas mãos.

    Ebisu normalmente é visto com uma figura de um vermelho, um símbolo de sabedoria e também de boa sorte.

    As tatuagens Ebisu são normalmente coloridas por causa de sua disposição ensolarada, mas as cores não impede de você pode escolher preto e cinza, as cores ano muda seu significado.

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    TATUAGENS DE TANUKI AS HISTÓRIA, SIGNIFICADOS E SIMBOLISMO

    O folclore japonês é infinitamente fascinante.

    Existem muitos personagens para conhecer do folclore japonês, e cada um deles você ja deve ter visto em inúmeras nas mais variadas formas de arte.

    Alguns destes personagens do folclore pode ser assustador e celestial, outros demoníaco e aterrorizante e outros um tanto engraçados!.

    Muitos desta criaturas são chamadas de  Yōkai .Trata-se de um grupo de criaturinhas fantasmagóricas travessas, ligeiramente demoníacas.

    Para os falantes de inglês os yokais seria “goblins e ghouls”. Embora Yōkai às vezes se intrometa com os humanos, normalmente as histórias associadas a eles são muito bobas para se assustar.

    Os Yōkai são inspirações para tatuagens fantásticas e se você está procurando homenagear suas raízes e o seu amor pelo folclore japonês ou ambos existem muitas imagens para isso.

    Embora tenham suas raízes nas tradições Shinto e Budista, os Yōkai são populares hoje por causa de um artista de mangá chamado Shigeru Mizuki que redescobriu as criaturas e fez com que as pessoas modernas se interessassem por elas após a Segunda Guerra Mundial.

    Em última análise, uma tatuagem Yōkai pode ser uma escolha amigável e de desenho animado, sem entrar nas águas controversas dos símbolos religiosos como as tatuagens.

    Tanuki – o cachorro-guaxinim com características curiosas

    Um personagem com uma história muito interessante é o Tanuki (狸 ou たぬき) é uma raça de pequenos cães guaxinim que às vezes são confundidos com uma raposa ou texugo. Suas principais características são uma atitude furtiva, personalidade jovial, capacidade de mudar de forma, barriga grande (freqüentemente usada como tambor) e escroto ainda maior.

    A maioria das tatuagens Tanuki apresenta as bolas grandes desse personagem, às vezes exageradas de forma ridícula para efeito máximo.

    Há muito a dizer sobre Tanuki.

    Você sabia que o “traje de guaxinim” em Super Mario Bros é na verdade um Tanuki? Agora você sabe! existe muitas coisas sobre esses pequeninos que você pode conhecer e talvez escolher um para sua próxima tatuagem!

    Tanuki na vida real

    Ao contrário de outros Yōkai, Tanuki são animais de verdade na vida real!

    O personagem é inspirado no cão guaxinim japonês, encontrado principalmente boa parte da Ásia e também na Europa.

    O cachorro-guaxinim é uma criatura intrigante, sua forma e aparência tem um corpo de cachorro e alguns detalhes que se parece com a de um gato.

    No Ocidente, a associação mais próxima seria uma raposa ou um texugo – daí a confusão ao traduzir histórias ou desenhos animados de Tanuki.

    Tanuki pode causar problemas em fazendas porque eles atacam cabras e galinhas entre outros animais, que talvez seja de onde eles tiraram sua reputação de um ser muito travesso.

    História do Folclore Tanuki

    Embora tenha havido alguma menção a Tanuki nos séculos 14 e 15, o personagem passou bastante despercebido até o final do século 16 / início do século 17 no Japão.

    Alguns dos atributos do Tanuki vêm do folclore da raposa na China, mas eventualmente essas pequenas criaturas se tornaram um ícone por si mesmas.

    Tal como acontece com muitas mitologias, Tanuki começou como uma criatura mais maligna e eventualmente se tornou uma espécie de vilão um tanto atrapalhado e cômico.

    Geralmente você verá estátuas de Tanuki como amuletos de boa sorte na frente de muitos edifícios e estabelecimentos por varias partes do Japão.

    Tanuki e suas lendas

    Existem muitas histórias divertidas que cercam Tanuki e seus modos místicos, especialmente suas habilidades de mudança de forma.

    Em uma dessas histórias, conhecida como Bunbuku Chagama (mais ou menos “felicidade borbulhando como um bule de chá”), um camponês liberta Tanuki de uma armadilha, e então para mostrar sua gratidão, o Tanuki muda de forma em um bule para o camponês vender.

    Uma vez dentro da casa de alguém, o bule se transforma em Tanuki, e ele corre de volta para o camponês para que eles possam fazer tudo de novo e vender novamente a outra pessoa. 

    Barriga Grande de Tanuki

    Em muitas histórias ou representações de Tanuki, eles têm barrigas grandes e redondas que podem bater como um tambor.

    Este tambor pode produzir todos os tipos de sons, incluindo trovões e som como de vagões de trem.

    Por alguma razão, Tanuki adora confundir os humanos, então da próxima vez que você estiver indo para casa e ouviu um trovão no céu – pode ser este um cachorrinho guaxinim travesso tentando se divertir fazendo seus barulhos!

    Grande escroto de Tanuki

    Esta é a característica mais engraçada e específica de um Tanuki.

    Na natureza, os cães-guaxinim têm os testículos de tamanho normal, então como essa lenda surgiu?

    Ao fazer a folha de ouro, os artesãos devem martelar o ouro com muito cuidado, esticando-o sem quebrá-lo.

    Os fabricantes de ouro costumavam embrulhar seu ouro na pele do escroto Tanuki, que se esticava muito fina junto com o ouro, protegendo-o.

    Isso foi considerado especialmente engraçado porque “kin no tama” ou “pequena bolsa de ouro” soa muito parecido com “kintama”, gíria para testículos.

    Logo, o escroto Tanuki estava sendo vendido como uma bolsa de moedas ou carteira.

    A ideia era que os testículos ajudariam a “esticar” sua riqueza da mesma forma que esticaram o ouro.

    No folclore Tanuki, as bolas Tanuki são extremamente versáteis e podem funcionar como redes de pesca, velas para barcos, etc.

    As lendas são bem bobas e divertidas para todos que as compartilham.

    Temas comuns em tatuagens Tanuki

    Você provavelmente vai querer dar a Tanuki sua forma tradicional, mas ele também costuma ser visto com certos acessórios atrevidos.

    Tanuki segura uma garrafa de saquê em uma mão e um IOU na outra.

    Todos nós temos esse amigo!

    Existem tantos estilos que um Tanuki pode usar, mas ele geralmente é uma criatura redonda e fofa.

    Se você está procurando por algo mais ameaçador, procure um Yōkai diferente.

    O que significam as tatuagens Tanuki?

    Em termos básicos, as tatuagens Tanuki significam riqueza e prosperidade.

    Mas como há tantos caracteres japoneses (vá para a tatuagem japonesa para saber mais!) Que podem simbolizar riqueza, você deve ter um motivo especial para querer um Tanuki para sempre.

    É sua natureza jovial ou seu espírito trapaceiro?

    Esta é uma ótima tatuagem leve para pessoas que querem trazer boa energia ao mundo sem levar tudo tão a sério.

    Idéias para tatuagem de Tanuki

    As tatuagens Tanuki são divertidas e expressivas garotinhas e podem fazer ótimas tatuagens – mas elas têm uma aparência um tanto boba e existem órgãos genitais grandes a serem considerados.

    Não tem certeza se deseja se comprometer com uma tatuagem Tanuki?

    Dê uma olhada nas imagens abaixo em alguns exemplos do trapaceiro em ação.

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    Irezumi os significados da arte das tatuagens japonesa

    Irezumi 入墨, muitas vezes com esse nome entende-se a tatuagem japonesa, mas na verdade um mestre nunca chamará o seu trabalho usando esse termo depreciativo, preferindo Horimono, embora também seja usado como um termo genérico para descrever uma série de estilos de tatuagem originários do Japão, incluindo tatuagem tradições do povo Ainu e do Reino Ryukyuan.

    Mulher Aino no Japão

    As formas de irezumi são aplicadas à mão, usando cabos de madeira ou bamboo e agulhas de aço presas nas pontas desses bastões. Este método também requer tinta especial conhecida como tinta Nara (também chamada sumi ); A tatuagem praticada tanto pelo povo Ainu quanto pelo povo Ryukyuan usa tinta derivada da planta índigo. Irezumi é um processo doloroso e demorado, praticado por um número limitado de especialistas conhecidos como horishi . 

    No início do período Meiji , o governo japonês baniu as tatuagens, e o irezumi assumiu conotações de criminalidade e delinquência como resultado, levando a um estigma considerável contra as pessoas com tatuagens e tatuagens no Japão.

    As tatuagens se tornaram algo que vemos todos os dias em pessoas quando andamos pelas ruas. Algumas pessoas têm designs muito impressionantes que chamam bastante atenção. Vemos alguns caracteres Kanji no corpo das pessoas e, geralmente, são apenas caracteres com “aparência de Kanji”. As pessoas costumam considerar as tatuagens japonesas uma arte, e muitos ocidentais as consideram fascinantes. No entanto, no Japão, apesar do boom da moda das tatuagens recentemente, as pessoas ainda têm uma impressão errada em relação a Irezumi . Por que?

    As diversas formas de como eram marcados os criminosos no Japão

    Na verdade, o Japão tem uma cultura de tatuagem muito antiga, provavelmente desde o período Jomon. As lindas tatuagens japonesas que agora conhecemos apareceram no meio do período Edo. Durante esse período, muitas pessoas se mudavam para grandes cidades como Edo (Tokyo) e Osaka. E com o crescimento da população, o número de crimes começou aumentou naturalmente. Durante o período Edo, não havia prisões até o desenvolvimento de grandes cidades como Osaka e Edo. Isso levou a um aumento da criminalidade e a punição para os infratores era amputação da orelha ou do nariz era a punição.

    E a tatuagem (Irezumi) começou a ser usada como um castigo para os infratores, substituindo a maneira cruel de amputação da orelha ou nariz, usado por não fácil de se livrar destas marcas na pele. A partir daí, a tatuagem começou a se espalhou entre prostitutas, operários da construção, jogadores e mensageiros como uma forma de rebeldia contra o sistema e se tornando um tipo de moda no submundo do Japão.

    Eles tatuaram criminosos na testa para que outras pessoas pudessem ver que cometeram um crime. Além disso, cada região tinha seu próprio símbolo e, com estas tatuagens, as pessoas sabiam onde essas pessoas aviam cometido seus crimes.

    O Japão realmente teve uma relação muito complicada com tatuagens ao longo de sua história. Ao contrário da maioria dos países ocidentais, onde as tatuagens são consideradas apenas uma forma de expressão ou decisões extremamente ruins, a sociedade japonesa geralmente menospreza a arte corporal moderna. Isso acontece apesar de ter alguns dos melhores artistas e técnicas do mundo.

    • A “pena de tatuagem” ou “Irezumi Kei”.

    A forma de punição para os crimes não violentos era uma tatuagem bem no centro da testa. Chamado de “pena de tatuagem” ou “Irezumi Kei”, as pessoas a recebiam por crimes relativamente menores, como roubo e furto. As pessoas classificaram isso como um tipo de punição corporal, junto com espancamento e torturas em publico.

    Normalmente, a expulsão da área acompanha a pena de tatuagem. Serviu como um impedimento por causa da dor de ter seu rosto tatuado. Além disso, exibiu publicamente os criminosos pelo resto de suas vidas.

    Além disso, tinha um propósito de manutenção de registros. O estilo de tatuagem é diferente em cada região individualmente. Dessa forma, as pessoas poderiam saber em que região o condenado cometeu o crime.

    Estas são as colocações mais comuns de tatuagens faciais:

    • A província de Hiroshima tatuava com o kanji de Inu ( cachorro );
    • Chikuzen (atualmente província Fukuoka), linhas tatuadas no braço cada vez que cometiam um crime;
    • Awa (atualmente província de Tokushima), linhas tatuadas na testa e no braço;
    • Takayama (agora província de Wakayama), pontos tatuados;
    • Hizen (atualmente província de Saga / Nagasaki), cruz tatuada, que significa “ruim”.

    O mais interessante é a província de Hiroshima. Cada vez que alguém cometia um crime, tatuava uma linha. Hiroshima tatuava isso. Na primeira vez, o criminoso passa uma linha na testa. Então, na segunda vez, ele consegue uma linha cruzando a primeira. A segunda linha é um pouco entalhada para a esquerda. Na terceira vez, eles adicionam outra linha à direita e um pequeno ponto do lado direito da primeira linha. E então se tornava um caractere de um kanji com o significado de cachorro em japonês.

    Outra parte do Japão fazia tatuagens nos braços dos criminosos. Muitos deles são linhas simples ao redor do braço.

    Mais tarde, as tatuagens se tornaram o símbolo da moda, demonstrando amor por alguém e dureza no cérebro dos japoneses. Eles inconscientemente mantiveram esse velho costume sobre tatuagens. Na verdade, muitas piscinas e banhos públicos não permitem clientes com tatuagens. Isso ocorre porque outros clientes podiam acreditar que a pessoa seria um criminoso ou parte de uma família Yakuza.

    A tatuagem no Japão aconteceu pela primeira vez durante os períodos Jomon e Yayoi. Durante esse tempo, as pessoas acreditavam que as tatuagens tinham uma importância mística. Depois disso, a cultura se afastou bem das tatuagens até o período Edo. Nesse período, voltou de uma forma muito diferente.

    Durante 1745, a tatuagem substituiu a amputação à medida que a sociedade se tornou menos sedenta de sangue e mais gentil. Isso continuou acontecendo ao longo dos anos com as tatuagens de rosto mudando para tatuagens de braço menos constrangedoras.

    Em 1872, o governo japonês recém-estabelecido aboliu a pena de tatuagem de uma vez por todas. Curiosamente, bem no meio de tudo, por volta do início dos anos 1800, a arte corporal se tornou a moda de repente. Isso aconteceu entre as pessoas comuns do Japão. Com o número de pessoas que adiria a tatuagens no Japão só aumentava e ate hoje em dia, podemos ver cada vez mais gente com tatuagens pelas ruas de Tokyo.

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    Significado e Simbolismo do tigre na tatuagem

    Entre os estilos de tatuagens, o japonês é um dos estilos mais populares que existe. Uma das principais razões pelas quais a tatuagem tradicional japonesa (irezumi) se tornou popular porque todas as imagens têm um significado por trás delas. As tatuagens japonesas têm uma profundidade adicional em sua arte. Esta e uma das razoes por o estilo de tatuagem oriental persistir por tanto tempo e estender sua popularidade entre a cultura ocidental.

    Isso se aplica à tatuagem do tigre no Japão, entre como a muitas outras imagens. O tigre, na cultura japonesa, tem muito significado. Isso mantém essa imagem extremamente relevante, mesmo em momentos como este. A tatuagem do tigre tem um grande significado e, neste post vamos abordar sobre a história e o significado por trás dessa imagem histórica que e o tigre asiático.

    História da tatuagem japonesa

    As tatuagens japonesas tradicionais foram usadas como proteção e símbolos de devoção semelhantes às tatuagens religiosas em varias culturas antigas. Além disso, essas tatuagens eram usadas para exibir status na sociedade. Com o passar do tempo, essas tatuagens foram usadas como forma de marcar criminosos, escravos e prisioneiros de guerra. Eventualmente, as tatuagens no Japão voltaram a ser um símbolo de status em a classe dos comerciantes que, estranhamente, não deveriam exibir sua riqueza.

    Avançando para a Segunda Guerra Mundial, o Imperador do Japão, em um esforço para melhorar a imagem do Japão para os ocidentais, as tatuagens foram proibidas a exposição publica. Mas isso não impediu que o lado do submundo do Japão fizesse tatuagens. Os ocidentais começaram a se interessar pelas tatuagens japonesas devido o grande valor artístico e cultural. Logo o movimento criminoso no Japão começou a surgir com suas tatuagens de corpo inteiro, o estilo Yakuza de tatuagem se tornou popular. Os membros da Yakuza (máfia japonesa) seriam tatuados da cabeça aos pés, mas você nunca saberia. Esse estilo de tatuagem cobria todas as partes do corpo, exceto as partes do corpo expostas. Os desenhos de tigre também são uma grande parte das tatuagens usadas pelos Yakuzas.

    Simbolismo do tigre no Japão

    O tigre japonês tem muitos significados que presumiríamos que o tigre tem na natureza. Força e coragem estão entre as qualidades que os amantes da tatuagem procuram quando tentam representar em suas tatuagens. O tigre também tem outras representações, como proteções contra espíritos malignos, desastre naturais, doenças e azar.

    O tigre também é o símbolo do outono e do Norte na Ásia. O tigre é uma das divindades japonesas que foi adotada da cultura chinesa. O tigre controla o vento enquanto a fênix controla o fogo, o dragão controla a água e a tartaruga com uma cauda de cobra controla a terra.

    Especificamente, o tigre japonês é chamado de Byakko na tradição japonesa. Está associado ao planeta Vênus e ele é branco. Byakko simboliza os guerreiros que lutaram pelo Japão e, portanto, muitos guerreiros usavam a imagem de tigre branco quando entrava em batalha.

    Tatuagens como forma de punição no Japão

    Como mencionado anteriormente, houve um período em que as tatuagens eram associadas apenas a criminosos e malfeitores. Era difícil para alguém se esconder ou seguir em frente com sua vida quando tinha a marca de ‘LADRÃO’ tatuada em sua testa. O uso de tatuagens voltou em quarto lugar de ser associado ao positivo e ao negativo. No entanto após um longo período, quando as pessoas do submundo começou a se tatuar novamente, a imagem das tatuagens mudou mais uma vez.

    Variações de tigre japonês

    Existem diferentes variações da tatuagem do tigre japonês e como elas são colocadas no corpo. Geralmente, uma imagem do tigre trás mais destaque e isso também trazendo maior força e sorte para quem esta tatuado, a tatuagem do tigre precisa ter espaço para ser tatuada e, portanto, o lugar principal seriam as costas inteira com uma imagem do tigre cobrindo toda a área, e logo a segunda opção braços ou pernas.

    Manga de tigre japonesa

    Uma maneira popular de fazer a tatuagem do tigre em volta do braço em forma de manga fechada. Ao fazer isso, a pessoa que usa essa tatuagem geralmente a usa para simbolizar a força interior e a coragem. Em muitos casos, você verá a manga do tigre acompanhada de outros símbolos japoneses, como flores de cerejeira ou ondas. O tigre geralmente está em uma posição agressiva ou pronto para atacar vítimas desavisadas. A pessoa que usa essa tatuagem no braço tem espirito de guerreiro.

    Tatuagem de tigre e dragão japoneses

    O tigre e o dragão juntos na cultura japonesa. Uma ideia é que o tigre e o dragão são os símbolos yin e yang dos tempos antigos e, juntos, formam o universo. Diz-se que o dragão reina sobre o céu e os céus. Esta criatura mítica simboliza o yang, enquanto o tigre representa o yin. O tigre fica perto do chão. Agachado e pronto para atacar. Ele fica perto da terra, que é representado pelo yin.

    Com tudo isso dito, você pode ver a importância do tigre na cultura japonesa. Geralmente, um símbolo de força e coragem, você encontraria muitos guerreiros usando essa tatuagem. Muitos de nós nos sentimos guerreiros hoje. Quer nós literalmente lutemos para viver ou tenhamos lutado contra doenças e azar, a tatuagem do tigre pode ser vista como uma fonte de força e um símbolo da coragem que temos.

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    MÁSCARA DE TENGU: ORIGENS, SIGNIFICADOS E MUITO MAIS EXPLICAÇÃO DA TATUAGEM

    De todos os espíritos, deuses, criaturas e demônios em que uma tatuagem japonesa (Irezumi) pode se inspirar, a máscara Tengu é a que tem mais atrai olhares curiosos. Os tengu são mais como deuses diferentes do que outros yokai trapaceiros – e eles são como grandes guardiões das florestas e montanhas do Japão. Neste post vamos se aprofundar um pouco nesta rica e importante personagem do folclore japonês.

    Normalmente, as imagens Irezumi populares podem ser vinculadas a uma única lenda, parte da tradição folclórica ou parte da prática budista ou xintoísta. No folclore japonês, muitas histórias incluem espíritos, criaturas sobrenaturais e demônios chamados yokai. E de todos os yokai, o tengu é aquele que pode parecer mais familiar para um ocidental moderno. À primeira vista, é muito parecido com um super-herói: a habilidade de voar, grande força física, poderes mágicos e habilidades secretas em artes marciais. Mas o tengu não é uma criação de quadrinhos – ele tem uma longa história e profundas conexões com a cultura e religião japonesas.


    TENGU, GOBLIN DE NARIZ LONGO 天狗 (て ん ぐ)


    Assim como a kitsune e o tanuki, o tengu é uma das inspiração mais usadas para tatuagens japonesas. Ambos são animais mas a sua evolução deu voltas e mais voltas ate estes seres se tornar muito popular. E como a conexão do kitsune com o xintoísmo, ele tem uma relação próxima com outra religião japonesa, o budismo. O relacionamento não é feliz, entretanto. Os Tengu são inimigos declarados da fé budista, e grande parte de sua história foi gasta tentando atrair as pessoas para fora do caminho da iluminação.

    Você pode estar mais familiarizado com o Tengu de nariz comprido e de rosto vermelho, mas você pode ficar surpreso ao saber que existem dois tipos diferentes de Tengu. E aquele que veio primeiro é considerado menor que o yokai mais novo.

    O Grande Tengu ou chamado de daitengu 大 天狗 だ い て ん ぐ é um imponente semi-humano cuja característica mais proeminente é um nariz comprido e as asas enormes. Você provavelmente já viu fotos da máscara vermelha brilhante de nariz comprido que representa o rosto do daitengu. Quando dizemos “tengu” este e a imagem mais comum de se encontrar. Eles vivem em florestas nas montanhas profundas do Japão, e determinadas montanhas são consideradas casas de alguém, chamado daitengu. Alguns de seus poderes, como a posse, são compartilhados com outros yokai, mas suas habilidades especiais incluem controle do vento, ele e um ecelente espadachim e também pode voar. Os Daitengu freqüentemente abduzem os humanos, às vezes para atormentá-los, mas outras vezes para ensinar-lhes todo o seu conhecimento e magias secretas das florestas. Os antigos guerreiros do Japão até procuravam o daitengu para aprender seus segredos, mas eles muitas vezes se arrependiam por que o Daitengo sempre enganavam estes pobres humanos em busca de seus conhecimentos.

    Junto com o rosto vermelho, nariz comprido, mantos e asas, os daitengu podem ser representados segurando o grande leque que usam para criar e agitar ventos fortes que formam grandes rodamoinhos. As lendas diz que são os causadores de guerras e desastres naturais. Com sua natureza orgulhosa e inclinação para o caos e a selvageria, não é de se admirar que vários escritores tenham feito conexões entre daitengu e a sociedade humana.

    O outro tipo é chamado kotengu 小 天狗 こ て ん ぐ (tengu menor) ou karasutengu 烏 天狗 か ら す て ん ぐ karasutengu. Karasu significa corvo, mas esses tengu também podem assumir a forma de aves de rapina, especialmente Falcão negro (tobi 鳶 と び). Eles também usam mantos de monge, mas os kotengu são muito mais parecidos com animais, tanto em sua aparência quanto em seu comportamento. Enquanto os daitengu contemplam perturbar a sociedade humana e interferir na religião, os kotengu são em escala menor. A principal coisa com que você precisa se preocupar é que eles vão te roubar, a lenda diz que se você entrar nas florestas eles podem roubar os seus pertences, nas historias antigas os guerreiros quando entravam nas florestas eram atacados pelos Kotengo que roubavam suas armas. Em alguns contos populares, eles são descritos como fáceis de enganar, algo que você não quer tentar com um daitengu.

    Os kotengu às vezes são considerados servos do daitengu, mas não foi assim que tudo começou. O kotengu é na verdade a versão da velha escola do tengu. Em outras palavras, originalmente o tengu semelhante a um pássaro era o único tipo que existia. Mas conforme a importância do goblin mudou e se desenvolveu, eles se tornaram mais humanos, com o nariz comprido se tornando um bico humanizado.

    Mas, mesmo quando a nova versão do tengu de aparência humana emergiu, a antiga imagem de pássaro ainda permaneceu em seu contesto original. Então, finalmente com dois tipos de tengu nos dias de hoje eles acabam influenciando muitos adeptos a tatuagem em ambas versões. Mesmo que o kotengu seja o original da historia, ele aparece como o secundário. As histórias mais interessantes são sobre o poderoso, inteligente, perigoso, orgulhoso, daitengu humano.

    Aqui separamos algumas tatuagens inspiradas no grande Tengu!

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    Kintarō – Oniwakamaru

    A história de Kintarō é uma das mais famosas lendas do folclore japonês, além de aparecer frequentemente nas peças do teatro Noh, também  é muito usada como referência para tatuagens asiáticas.

    Kintarō (金太郎) também é conhecido no Japão e no mundo como o menino dourado pelo fato de ser representado usando um babador com o kanji 金, que representa o ouro, seus poderes compreendem uma força descomunal e uma grande empatia com os animais.

    Kintaro

    Sua origem pode variar muito de acordo com as diversas lendas sobre ele, porém uma das mais conhecidas é que ele tenha sido criado por uma bruxa no Monte Ashigara, pois sua verdadeira mãe o abandonou.

    Em algumas versões das lendas, Kintaro é associado ao dragão vermelho (Deus do trovão chinês “Lei gong), nessa versão, sua mãe seria a própria feiticeira, que teria acordado após um enorme trovão e após o susto teria percebido estar o grávida da própria divindade.

    Independente das origens, Kintaro é retratado como uma criança robusta, de cor avermelhada. Usava sua machadinha e força para arrancar árvores, destruir rochedos e até mesmo lutar contra ursos e demônios das montanhas.

    kintarokoi

    Como símbolo de juventude e força, é comum no Japão que as crianças ganhem bonecos do Kintaro no dia das crianças, afim de inspirar a coragem e bravura do menino.

    kintaroboneco

    Já em sua forma adulta, Kintaro passa a ser chamado de Sakata Kintoke (ou Oniwakamaru, dependendo do conto), foi levado até Kyoto, e após dedicar-se às artes marciais, foi de guarda a chefe do Shiten´no.

    Por sua força e grande empatia com animais, costuma ser ilustrado enfrentando grandes seres ou bestas ferozes.

    A pedido de um cliente, Toshio Shimada está trabalhando em uma arte relacionada à lenda de Kintaro/Oniwakamaru, confira:

    17240103_1430127340362678_8707839260481150970_o.jpg
    Arte por Toshio Shimada

    Texto por Rafael Lucente

  • Toshio Shimada

    Dica de leitura: Livro Horikazu

    Esta semana, o cliente Maximus visitou o studio Shimada Tattoo para conversar e fazer uma tatuagem com Toshio Shimada.

    Rascunho feito por Toshio Shimada para a tatuagem de Maximus

    Muito interessado pela cultura asiática em geral, Maximus esteve recentemente no Japão e aproveitou a oportunidade para presentear Toshio Shimada com o livro HORIKAZU ( Traditional Tattoo in Japan – Horikazu Lifework of the Tattoo Master from Asakusa in Tokyo).

    O livro Trabalho da vida do mestre de tatuagem de Asakusa, em Tóquio, é uma referência para todos os fãs de tatuagem e da cultura relacionada.
    As imagens são do fotógrafo Martin Hladik, que acompanhou as tatuagens japonesas do mestre Horikazu com sua câmera por anos, e apresenta agora o trabalho da vida de um tatuador notável em imagens espetaculares.


    São 500 páginas, mais de 460 imagens e ainda entrevistas que relatam o dia a dia de um studio de tatuagem da perspectiva do próprio tatuador e funcionamento de alguma técnicas.

    Dedicatória de Maximus para Toshio Shimada

    Texto por Rafael Lucente