• Toshio Shimada

    Fujin o deus do vento e tempestades

    As tradicionais tatuagens japonesas têm um estilo único e diferente de todos e neste post vamos falar sobre o deus do vento, Fujin (風神, “deus do vendo”) ou Futen é o japonês deus do vento e um dos mais velhos xintoístas deuses.

    Ele é retratado como um terrível demônio bruxo, um ser musculoso de pele azul e vestindo uma calça com e argolas de ouro em seus braços e tornozelos, carregando uma grande bolsa de ventos em seus ombros.

    Na arte japonesa, essa divindade é freqüentemente retratada junto com Raijin , o deus dos raios e relâmpagos, assim eles criam os trovões e tempestades .

    A maioria das tatuagens japonesas são representações de lendas folclóricas, bestas mitológicas ou símbolos religiosos.

    No Japão, as duas religiões mais comumente praticadas são o xintoísmo e o budismo.

    Muitos desenhos de tatuagem populares japoneses têm grande significado além de sua estética, devido aos seus laços com as tradições (geralmente) Shinto ou Budista.

    Fujin, o Deus do Vento, é uma figura com uma história interessante. Muitos fãs da arte da tatuagem japonesa reconhecerão Fujin imediatamente por seu visual distinto.

    Mas Fujin é mais do que apenas um cara tempestuoso que dá uma ótima peça para as costas, ele é uma figura religiosa, um demônio, um deus, uma divindade global.

    Vamos ver mais detalhes sobre o Fujin o deus dos ventos.

    Normalmente, Fujin é retratado como tendo uma aparência bastante semelhante à humana.

    Fujin é um pouco ogro, especialmente porque tem pele azul. Em contraste com seu tom de azul verdejante, Fujin tem tem um chifre como o de um unicórnio em sua cabeça com cabelos longos avermelhados.

    A vestimenta do Fujin de um shorts e os acessórios como colares e pulseiras de ouro uma bolsa grande. Nesta bolsa, Fujin guarda uma variedade de ventos para todas as direções de norte a sul e de leste a oeste.

    em muitas tatuagens o Fujin esta sempre com o Raijin. A maioria das pessoas fazem a tatuagem do Fujin com os dois juntos.

    Como muitos deuses japoneses, Fujin não é totalmente bom nem totalmente mau.

    A maioria dos símbolos mitológicos ou religiosos tem uma mistura de ambos.

    Talvez sejam uma figura benevolente um pouco atrevida ou, às vezes, um personagem demoníaco com boas maneiras.

    Como na vida, os personagens dessas histórias são complexos.

    Basta pensar no vento. Às vezes é uma companhia bem-vinda em um dia quente, às vezes é um furacão!

    Essa é a natureza de Fujin.

    Fujin começou como um demônio nos ensinamentos budistas.

    Ele foi, em um ponto, considerado parte do Oni.

    Os Oni são demônios gigantes na mitologia japonesa, eles são muitas vezes maiores que os humanos, com pele e presas de cores vivas.

    Um Oni nasce quando uma pessoa na terra é considerada muito má para ser um humano, eles eventualmente se transformam em um membro do Oni, e aterrorizam as pessoas da terra com sua maldade.

    Hoje em dia, apesar de sua aparência de Oni, Fujin é conhecido como um Deus.

    O que simbolizam as tatuagens de Fujin?

    As tatuagens de Fujin não têm um significado específico. Como Fujin representa o vento, ele é um tanto violento e caótico.

    Por causa da história de fundo mais perversa de Fujin, ele pode simbolizar a conquista de sua sombra ou de seu “lado negro”.

    Para alguns, Fujin é apenas um personagem marcante quando procuram um design marcante.

    Como muitas tradicionais tatuagens japonesas, essas peças geralmente são bem grandes e vale a pena separa um bom espaço de pele para fazer a sua tatuagem de fujin.

    Fujin é uma ótima escolha para uma de costas inteira ou manga de braço todo, são desenhos ricos em detalhes e quanto maios espaço melhor sua aparecia.

    Para que uma tatuagem de Fujin o exiba adequadamente em todos os seus detalhes e a sua glória, escolha um grande pedaço de pele para esta tatuagem.

    As tatuagens Fujin são um tema muito apreciado para os artistas trabalharem e procurar a opinião de um bom artista será muito bom!

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    A Lenda das tatuagens de tartaruga Japonesa Minogame.

    As tatuagens japonesas são uma inspiração para muitas pessoas amantes da arte da tatuagem japonesa em todo o mundo. De acordo com os japoneses, cada tatuagem usada tem sua relevância e determinação e também muitas vezes é examinada como uma tática para tornar evidente o status social de alguém. Existem coisas sobre as tatuagens japonesas que são ilicitamente clandestinas e inacessíveis a qualquer pessoa, o fato que as torna tão fascinantes e atrai a curiosidade de muitas pessoas a conhecer mais sobre as lendas e historias que envolve a tradicional tatuagem do Japão. Devido ao limite de sua rica cultura, história e insinuações aos significados por trás das imagens, a tatuagem japonesa consegue transmitir a traves da arte corporal muitos registros místicos. Além disso, estamos bem familiarizados com o fato de que os japoneses se envolvem em trabalhos detalhados e de alta qualidade que exigem muita paciência e comprometimento em tudo o que fazem, toda a sua herança e ética de trabalho mostram isso.  Neste post temos mais uma dessas inspirações para você, a lenda da tartaruga com a calda de algas marinhas.

    Chamada no Japão como Minogame (蓑 亀) é uma tartaruga da cultura japonesa muito usada em tatuagens. Alguns Minogame podem chegar a vivem até 10.000 anos. O estranho no Minogame é sua cauda feita de algas e algas. A historia sobre os Minogame mais famoso é da lenda de Urashima Taro.

    A Lenda de Urashima Taro.

    Era uma vez um jovem pescador chamado Taro, em um belo dia caminhando pela praia ele vê um grupo de crianças estava machucando uma tartaruga. Taro correu para resgatar a tartaruga e a solta no oceano. No dia seguinte, Taro retorna a praia e encontra um Minogame que surge do oceano e diz que Taro salvou a filha do imperador do mar ( Ryūjin ), e diz que o imperador quer ver e agradecer a Taro. O Minogame magicamente dá guelras a Taro e o leva ao fundo do mar onde entram no Palácio do deus Dragão. Taro conhece o imperador e a tartaruga que ele salvou, que se transforma em uma linda princesa.

    Taro fica lá por 3 dias, mas quando chega a hora de ir embora, A princesa do mar Oto-hime (乙姫) dá a ele uma caixa misteriosa (tamatebako). ela diz que a caixa o protegeria de qualquer perigo, mas ele não pode abri-la.

    Quando Taro volta, tudo é diferente. Sua casa se foi, sua mãe desapareceu e tudo e todos que ele conhecia se foram. Ele pergunta a um homem que está perto dele: “Você conhece alguém chamado Urashima Taro?”

    O homem disse: “Ouvi dizer que um homem chamado desapareceu no mar há muito tempo.”

    Taro descobre que 300 anos se passaram desde que ele partiu. Taro fica com raiva e abre a caixa, e então de repente fica mais velho e ouve a voz da Princesa vinda do oceano.

    “Eu disse para você não abrir a caixa. Era a sua idade.”

    A tartaruga é um símbolo de perspicácia, proteção, vitória e longevidade. Na arte tradicional japonesa, incluindo tatuagens, as tartarugas são frequentemente mostradas com uma longa cauda de algas marinhas ou algas que assumem a aparência de uma cauda. E essas tartarugas são conhecidas como  minogame . Pois eles são afortunados e santos o suficiente para terem uma vida tão longa que criaram este rabo de alga. As tartarugas, ou  minogame, são menos vistas nas tatuagens como destaque, elas são sempre feitas em partes como na perna ou em cima dos pés. Eles geralmente são representados na água e outras vezes com outras criaturas relacionadas com ao mar.

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    As tatuagens no Japão: por que elas são tão ligadas à Yakuza?

    As tatuagens japonesas enriqueceram a imaginação de milhões de pessoas em todo mundo, incluindo pessoas que tem tatuagens e pessoas que não tem tatuagens. As criações da arte Irezumi são uma identificação do próprio país; eles fazem parte da magnificência e da magia do Japão. Mesmo as opiniões da sociedade ainda estejam contaminados por visões da yakuza ou não, essa decisão ajuda a defender o significado cultural de uma forma de arte que capturou alguns dos melhores aspectos da gloriosa história e civilização do Japão. Os tempos estão mudando e as percepções arcaicas da conexão de Irezumi com a criminalidade estão ainda um pouco lenta, mas seguramente, e a visão tem mudado aos poucos pelos japoneses mais conservadores.

    Não há uma lei específicas contra a tatuagem no Japão, mas existe regras não escrita que condena as tatuagens expostas em publico. O que curioso porque o Japão tem um traço cultural muito forte com as tatuagens de corpo inteiro, chamadas de irezumi. Muitas delas trazem motivos religiosos, mitológicos, animais, natureza e personagens da literatura e folclore japonês.

    Isso por causa da associação que há entre tatuagens e a Yakuza — organização criminosa que opera no Japão há centenas de anos.

    O que é a yakuza?

    Os membros da yakuza estão envolvidos em muitas atividades criminosas como prostituição, jogo e extorsão e corrupção.

    “Eles cresceram a partir de um movimento no submundo de vendedores ambulantes e pessoas envolvidas com jogos de azar que começaram a se unir e a sentir que eram os guardiões do Japão tradicional e orgulhoso nacionalista japonês.

    E, embora se sintam tranquilos de extorquir políticos, empresários e pequenas empresas, alguns dos chefes mais antigos eram “realmente contra” coisas como o tráfico de drogas.

    “Eles sempre tiveram suas razões para fazer as coisas ao próprio estilo”.

    E as tatuagens?

    “As tatuagens são cruciais para os membros da yakuza”, sendo um símbolo de status e poder.

    Mas elas não são usadas ​​como marcadores para indicar que uma pessoa que tenha tatuagem faça parte de uma gangue de Yakuzas.

    São uma “representação muito pessoal” de uma cena da vida do membro da yakuza, ou algo importante para eles simbolicamente – que visa mostrar às pessoas os atributos pelos quais a pessoa que são membros conhecida.

    Muitos membros da yakuza tem quase todo o corpo tatuado, das costas às nádegas e a parte superior das pernas, bem como os braços – embora, devido ao estigma que as tatuagens mantêm na sociedade japonesa, muitas vezes vão apenas até o limite dos antebraços e das canelas. Quanto mais tatuagens mais eles sentem corajosos e cheio de poder.

    As tatuagens demoram muito tempo para serem concluídas e custam muito dinheiro, são feitas por sessões e os desenhos são cheios de detalhes.

    “As tatuagens antigas feitas no Japão eram feitas artesanalmente, com uma vara de bambu fina com um grupo de agulhas na parte superior. esta técnica ainda e usada ate os dias de hoje mas pode se contar nos dedos a quantidade de artistas que mantém esta prática no Japão.

    “No Japão é uma honra ter um trabalho de tatuagens assinando pelo tatuador, o nome de seu mestre tatuador é algo tão importante na tatuagem quanto a própria arte, no Japão existe essa velha tradição que continua ate os dias de hoje.”

    ‘ A tatuagem tem a ver com respeito’

    Os membros da yakuza mantêm suas tatuagens escondidas quase todo o tempo, em público porque sabem que elas são malvistas.

    As tatuagens são usadas muitas vezes pelos membros da yakuza para intimidar a população e ate mesmo seus oponentes.

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    AS TATUAGENS DE KARURA E GARUDA

    Tatuagens Karura e Garuda

    As imagens da cultura oriental costumam ser a inspiração para a arte em todo mundo ocidental, especialmente quando se trata da arte das tatuagens. O Karura (迦 楼 羅) é uma criatura divina com torso humano e cabeça de pássaro na mitologia japonesa. O nome é uma transliteração do garuda, uma espécie de pássaros gigantescos no hinduísmo, na qual a versão budista e japonesa são baseada.

    Não é difícil de ser atraído pelos seres mitológicos que você pode encontrar no Japão, China, Índia, Tailândia ou Indonésia – é importante notar que muitos desses personagens têm um significado divino na vida diária de budistas, xintoístas e hindus.

    As tatuagem se tornaram popular e são feitas em vários estilos, graças às suas muitas histórias de origem, a tatuagem de Karura ou Garuda, são motivos mais usado na Tailândia ou Indonésia.

    Esta é uma escolha impressionante, mas você deve pesquisar bem as criatura divina antes de fazer uma!

    Em primeiro lugar, a tatuagem terá muito mais significado quando você a conhecer suas origens.

    Quem é Garuda no hinduísmo?

    Karura é talvez mais conhecido como Garuda – uma divindade animal da mitologia hindu. Garuda é uma das 3 divindades animais, e você provavelmente já ouviu falar das outras duas.

    Garuda está em boa companhia com Ganesha, o ser com cabeça de elefante, e Hanuman, o deus macaco.

    Garuda é um homem-pássaro com grandes asas douradas.

    É dito que Garuda eclodiu de um ovo gigante que pode ter queimado o mundo inteiro até ficar crocante quando eclodiu, mas Garuda foi misericordioso.

    Ele apagou o fogo e encolheu-se a um tamanho menos intimidante.

    Este é um bom exemplo da dualidade de Garuda.

    Para colocar as coisas em termos modernos, Garuda é “caótico bom”.

    Garuda é o inimigo do mal, mas é um guerreiro feroz e implacável na batalha.

    Basicamente, você não gostaria de ficar no lado ruim de Garuda.

    Garuda tem uma rivalidade particular com as cobras.

    Suas enormes asas permitem que ele voe em incríveis velocidades.

    Dependendo da lenda em questão, as asas de Garuda podem crescer ou diminuir de tamanho.

    Em algumas histórias, eles têm quilômetros de comprimento, em outras, são grandes o suficiente para bloquear o sol.

    Por causa de sua ferocidade e natureza benevolente, Garuda foi escolhido para ser o veículo do Senhor Vishnu- um deus central no hinduísmo.

    Quem é Karura na mitologia japonesa?

    Karura fez seu caminho para o Japão através da China e acabou se tornou uma figura do budismo japonês.

    A mudança de nome tem origens simples – vem da maneira como os japoneses pronunciam Garuda.

    Você também pode ver Karura referido como konjichō, que se traduz em pássaro com asas douradas.

    Karura não é tanto um ser divino, mas uma espécie de semideuses.

    Karura respira fogo e vive com uma dieta constante de dragões e cobras venenosas.

    Não há muitas diferenças entre os Karura e Garuda.

    Karura, por exemplo, são ligeiramente mais parecidos com humanos e menos parecidos com pássaros do que Garuda.

    Mas com o passar do tempo, as representações de Garuda tornaram-se um pouco mais humanas, então as duas criaturas adjacentes evoluíram juntas.

    Similarmente a Garuda, Karura também é considerado enorme em tamanho.

    O bater das asas de um Karura soa como um trovão e pode criar rajadas de vento fortes o suficiente para secar lagos e derrubar casas.

    Eles podem lançar cidades inteiras na escuridão com suas asas gigantes, os Karura não passam muito tempo na Terra.

    Eles habitam o reino celeste conhecido como Tendō, em uma montanha chamada Shumisen (Monte Meru).

    O que Garuda e Karura simbolizam?

    Os Karura e Garuda têm uma rivalidade natural e aversão às serpentes, conhecidas como Naga. (para ler mais sobre Naga, aqui esta um link que fala sobre isso!)

    Embora as serpentes tenham seu próprio simbolismo divino – elas são uma representação da morte e das trevas.

    Por outro lado, Garuda e Karura voam pelo céu com asas douradas, tornando essas criaturas místicas uma imagem natural de nascimento e vida.

    No budismo, existem quatro virtudes principais.

    Essas são conhecidas como as quatro dignidades e são representadas por animais.

    Um dragão representa o poder, o leopardo da neve representa o Coragem, o tigre representa a confiança e, finalmente, nosso amigo Garuda / Karura representa a sabedoria.

    O Garuda é um símbolo de sabedoria por causa de sua “visão aérea” do mundo.

    Se você for olhar para uma situação objetivamente à distância, a resposta geralmente virá até você.

    Garuda também é o símbolo nacional da Tailândia e da Indonésia.

    As imagens de Garuda são frequentemente associadas aos militares, devido à natureza violenta, mas benevolente, da figura.

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    Tatuagens inspiradas no Teatro Kabuki Japonês.

    A cultura do Japão nunca deixará de inspirar a arte da tatuagem. Neste post vamos falar um pouco sobre o teatro Kabuki e o que ele influencia em tatuagens tradicionais japonesas.

    O teatro musical dramático do Japão é muito diferente do que você imagina, com certeza ja deve ter ouvido falar do teatro Kabuki, entre fantasias luxuosas, maquiagem e tramas dramáticas envolvidas, as histórias tem inspirado muito artistas das tatuagem ha muito tempo. Por volta do ano 1600, as mulheres faziam as principais performances e suas exposições frequentemente envolviam cenários picantes. Para torná-lo ainda mais sexy, muitos dos atores do teatro Kabuki naquela época também eram prostitutas. O drama e a dança contemporâneo certamente evoluiu desde seu início e muitas tatuagens que são inspiradas pelo Teatro Kabuki se concentram nos trajes e na maquiagem elaborados.

    Existem muitos tipos de arte teatral no Japão, e o Kabuki é um dos mais famosos, junto com o teatro Noh, cujas máscaras são muito usadas como referencias para tatuagens. Esta é a razão pela qual as pessoas confundem entre o teatro Noh e o Kabuki, os atores do teatro Kabuki só usam maquiagem extravagantes e com expressões faciais variadas. Tudo nesta arte é exagerado, desde os figurinos até a atuação. Essa é a razão pela qual as expressões faciais dos atores de Kabuki são vistas como bastante burlescas pelos ocidentais. O teatro Kabuki surgiu no século 17, durante a famosa era Edo, criado por uma sacerdotisa. A palavra significa a arte de cantar e dançar, as duas coisas envolvidas no Kabuki. No início, era realizado apenas por mulheres, religiosas ou prostitutas. Mas, logo foi considerado obsceno, e apenas atores do sexo masculino foram autorizados a interpretá-lo, então os papéis femininos sendo interpretados por rapazes. Ser um ator Kabuki é um papel hereditário e as trupes de teatro costumam estar ligadas a famílias e organizações fortes. As histórias das peças são baseadas em eventos históricos ou lendas envolvendo drama, amor e fantasia.

    A maquiagem atraente e impressionante dos atores é chamada de kumadori. É o foco principal das inspirações em tatuagens kabuki. As diferentes cores da linha e sua organização descrevem o tipo de personagens retratados. A maquiagem vermelha é mais popular para tatuagens, e indica um personagem como herói, guerreiro ou romântico personagem. Essa maquiagem também é representada em folhas de papel. Os atores pressionavam o rosto contra um pano de seda após os shows para manter a memória de sua maquiagem em uma espécie de registro. Também era oferecido como um presente de sorte a espectadores queridos. O mundo do Kabuki é complexo, até mesmo para os japoneses, mas seu mistério e beleza inspiram muitos amantes na arte da tinta na pele.  Se você é um admirador da Cultura japonesa, em sua próxima tatuagem pode se aprofundar mais sobre o teatro Kabuki e se inspirar em alguns dos personagens.

    Aqui separamos uma série de imagens da arte de xilogravura sobre personagens do Kabuki para suas inspirações. Então confira aqui abaixo!

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre várias histórias e significado da tatuagem e a cultura oriental. Deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • Toshio Shimada

    Tatuagens japonesas: histórias, lendas, folclore e muita cultura.

    Os desenhos japoneses são um dos mais populares na arte da tatuagem, muitas pessoas não sabem que as imagens usadas nas tatuagens japonesas têm significado e um certo propósito. Esta é uma das razões pelas quais a tradição japonesa na tatuagem persiste há tanto tempo e atrai muitas pessoas de outras culturas. Caso você esteja pensando em fazer uma tatuagem japonesa, recomendamos a leitura deste guia para se familiarizar com o significado das tatuagens tradicionais japonesas e seu significado. 

    HORIBUN Segundo Foto por volta dos anos 70 em Tokyo (初代彫文師)

    Tatuagens japonesas: história e cultura

    Tradicionalmente, as tatuagens japonesas começaram como um meio de transmitir status social, além de servirem como símbolos espirituais que eram frequentemente usados ​​como uma espécie de encanto para proteção e para simbolizar a devoção, não muito diferente das tatuagens religiosas modernas. Com o tempo, as tatuagens na cultura japonesa se desenvolveram como uma forma de punição semelhante ao que já aconteceu em Roma, onde era prática comum tatuar prisioneiros de guerra, criminosos e escravos como um meio de tornar instantaneamente reconhecíveis seu status na sociedade. Eventualmente, a prática desapareceu e as tatuagens voltaram como um símbolo de status entre a classe mercante que, curiosamente, foi proibida de exibir sua riqueza.

    Após a Segunda Guerra Mundial, as tatuagens foram proibidas pelo Imperador do Japão, em um esforço para melhorar a imagem do Japão no Ocidente. As tatuagens no Japão estão ligadas a grupos organizados ligados a atos criminosos, mas isso nunca impediu que os estrangeiros ficassem tão intrigados a tatuagem japonesa que se tornou tão popular fora do Japão e tem cada vez mais a procura por este estilo de tatuagem fora e dentro do Japão. A associação moderna entre as tatuagens tradicionais japonesas e o elemento criminoso levou à adoção de tatuagens pela Yakuza, a máfia japonesa. Isso também serviu para promover a estética “legal” das tatuagens tradicionais japonesas.

    Hoje, muitas pessoas orgulhosamente usam tatuagens no estilo japonês por seus belos méritos artísticos, composição fluida e o profundo significado associado aos muitos aspectos dos desenhos japoneses de tatuagem.

    O significado das tatuagens japonesas tradicionais

    Existem várias imagens e símbolos usados ​​no estilo japonês de tatuagem para transmitir significados específicos. Essas imagens são usadas para transmitir as crenças, aspirações ou traços de caráter de uma pessoa. Chamados de “motivos”, esses elementos de design têm o mesmo significado onde quer que sejam usados, para que o significado não seja exclusivo do indivíduo. Isso significa que qualquer pessoa que veja a tatuagem pode reconhecer instantaneamente o significado e o que o usuário deseja transmitir, sejam traços de personalidade, atributos de caráter ou associação a uma organização criminosa.

    Tatuagens de dragão japonês:

    Significado da tatuagem: sabedoria, força, força para o bem, vento/água

    Os dragões no Ocidente tradicionalmente simbolizam força, inteligência e riqueza. Eles possuem uma força destrutiva, mas também são considerados como guardiões da natureza. Os japoneses e o leste asiático em geral vêem os dragões de maneira diferente. Na arte tradicional japonesa, os dragões são forças generosas e benevolentes que usam sua força para fazer o bem à humanidade. A sabedoria é outra característica atribuída aos dragões. Essas conotações positivas fizeram tatuagens de dragões entre as mais populares tatuagens do estilo japonês.

    Arte feita pelo artista Utagawa Kuniyoshi Ryu (Ukiyoe)

    Tatuagens de Koi:

    Significado da tatuagem: determinação, força, coragem, desejo de sucesso, água

    As tatuagens japonesas de peixes koi são uma das mais populares na arte tradicional da tatuagem japonesa. Koi é uma carpa nativa da China. Os koi recebem qualidades masculinas no folclore tradicional do Oriente, como força e bravura. Uma lenda antiga que fala sobre um cardume de carpas nadando correnteza acima no Rio amarelo na China. Com isso estes peixes ganharam força lutando contra a correnteza. Quando chegaram a uma cachoeira no final do rio, muitos dos peixes voltaram, deixando o fluxo do rio levá-los embora.
    Mas um grupo de carpas restaram e não desistiram e continuaram saltando das profundezas do rio, tentando chegar ao topo da cachoeira. Seus esforços chamaram a atenção de demônios locais, que zombaram de seus esforços. Quando, finalmente um koi chegou ao topo da cachoeira.
    Os deuses reconheceram o koi por sua perseverança e determinação e o transformaram em um dragão. Por esse motivo, Koi também simboliza determinação e um forte desejo de ter sucesso e se tornar “algo mais”, como a superação de obstáculos e chegar ao objetivo final.

    Tatuagens de Fênix:

    Significado da tatuagem: renascimento, triunfo, fogo

    A tatuagem de Fênix, como muitas outras tatuagens japonesas, tem um fundo compartilhado com outras culturas. Muitos de nós estamos familiarizados com a história da Fênix; um pássaro que é consumido pelo fogo e depois se ergue de suas próprias cinzas. Muitos não sabem que a história existe em muitas culturas e muitas vezes ao longo da história, incluindo a mitologia grega e romana, o folclore do Oriente Médio e até as Américas. A versão da fênix japonesa se baseia na história que é indígena da China continental. Independentemente da origem, as tatuagens de fênix são destinadas a simbolizar o renascimento e o triunfo, assim como a renovação e a reconstrução de si mesmo.

    Tatuagens de tigre:

    Significado da tatuagem: força, coragem, protetor contra a má sorte, espíritos malignos e doenças, vento

    A tatuagem japonesa de tigre traz consigo as mesmas características que atribuímos ao animal real – força e coragem, mas também o significando de vida longa. A tatuagem de tigre também é usada para afastar maus espíritos e má sorte, além de doenças. Dizem que o tigre é um símbolo tanto para o norte quanto para o sul; eles controlam o vento e são um dos quatro animais sagrados.

    Tatuagens de Leão ou Fu-Dog:

    Significado da tatuagem: protetor, forte, corajoso, boa sorte, heroísmo

    Esta tatuagem se assemelha a um leão e um cachorro. Mais especificamente, parece um leão com orelhas pontudas. Dizem que são protetores, fortes e corajosos. Como estátuas, servem para manter o mal de fora, como tatuagens, servem como protetores e geralmente indicam uma pessoa corajosa com aspirações heróicas.

    Tatuagem de cobra japonesa:

    Significado da tatuagem: proteção, sabedoria, boa sorte, força e mudança

    Nas tatuagens tradicionais japonesas, a cobra possui uma ampla gama de significados e desempenha uma série de funções importantes. Entre seus muitos atributos estão a proteção contra doenças, desastres e má sorte. As tatuagens de serpentes também representam sabedoria e proteção, principalmente dos resultados de más decisões. A cobra também pode incorporar regeneração, cura e medicina, como foi reverenciada na cultura japonesa em associação com ritos e remédios medicinais. Como símbolo de boa sorte, também foi para trazer boa saúde.

    A tatuagem de cobra japonesa também representa o Divino Feminino , ou os atributos femininos sagrados. Pensava-se antigamente que, da mesma maneira que uma cobra perde sua pele, uma mulher pode assumir os atributos positivos de um homem. Pode parecer um pouco sexista, mas estamos falando sobre o Japão antigo, afinal.

    Tatuagens de caveira japonesa:

    Significado da tatuagem: vida, morte, mudança, reverência por mortos/antepassados

    Embora a imagem do crânio humano em grande parte da cultura e da arte em geral tenha tido uma conotação negativa (como morte, perigo e um destino ruim), o crânio usado nas tatuagens japonesas tem uma representação positiva de ciclo de vida e morte.

    Tradicionalmente, a tatuagem de caveira japonesa representa mudança, o que faz sentido, já que a morte é a maior mudança que o homem pode experimentar.

    Tatuagens de flores japonesas:

    As tatuagens japonesas de flores têm uma grande variedade de significados e são um desenho muito importante e muito valorizado na arte tradicional japonesa. 

    Tatuagem Oni / Oni Mask / Demon Mask:

    Significado da tatuagem: bem e mal, protetores, trapaceiros, demônios

    A Oni Mask nas tatuagens japonesas é extremamente comum e se refere à crença em um mundo espiritual no qual os demônios desempenham seus papéis de punir o injusto e o mal, além de espalhar doenças.

    Enquanto Oni são conhecidos por serem maus, alguns Oni são bons e são vistos como protetores. Um exemplo disso incluiria um monge que se tornaria um Oni após a morte para proteger seu templo. Em inglês, a palavra Oni é melhor traduzida como ogro ou troll (a palavra japonesa para “demônio” é na verdade “yokai”). Oni, no folclore tradicional japonês, são conhecidos por aterrorizar aldeias e atormentar os moradores. Sua associação com demônios na arte japonesa de tatuagem tem mais a ver com Oni agrupados no reino de criaturas sobrenaturais (junto com yokai) do que qualquer outro aspecto. Ainda assim, o simbolismo se mantém, já que as imagens do Oni saqueador não estão longe da idéia do espírito maligno que a tatuagem pretende transmitir.

    Tatuagens de água / onda:

    Significado da tatuagem: movimento, força, fluidez, vida

    Muitas tatuagens japonesas apresentam água. Especificamente, as ondas são um elemento da arte japonesa que está entre as mais reconhecidas (feito artistas japoneses tradicionais, como Hokusai). A imagem da água nas tatuagens tradicionais japonesas geralmente é combinada com Koi, Dragões ou Oni. Além de simbolizar força e vida, as tatuagens na água transmitem a crença de que a vida, como a água, reflui e flui. É forte e rápido quando necessário, mas também pode ser gentil e calmo.

  • Toshio Shimada

    Kintarō (金太郎) 

    Existem várias histórias sobre a infância de Kintaro. em uma delas, ele foi criado por sua mãe, a princesa Yaegiri, filha de um homem rico chamado Shiman-Chōja, na aldeia de Jizodo, perto do Monte Ashigara. em outra, sua mãe deu à luz onde é hoje a actual Sakata, de onde ela fora forçada a fugir devido à luta opondo o marido a seu tio. Então, ela finalmente se estabeleceu na floresta do Monte Ashigara para criar seu filho. A partir deste ponto a história se divide em duas versões, a mãe verdadeira de Kintaro o abandonou no mato ou ela morreu, e independente das duas versões ele foi encontrado pela feiticeira do monte e criado por ela. Outra versão diz que Kintaro foi criado por sua mãe, mas devido a aparência dela, foi apelidada de feiticeira do monte. Numa versão mais fantasiosa, a feiticeira do monte era a mãe verdadeira de Kintaro e ambos foram impregnados pelo trovão do Dragão Vermelho do Monte Ashigara.

    Todas as lendas dizem que, apesar de ser uma criança, Kintaro era muito activo e incansável, gordo e corado, vestindo apenas um babador com o kanji para “ouro” (金) estampado. Seu único outro equipamento era uma machadinha. Como não havia outras crianças na floresta, Kintaro se afeiçoou aos animais do bosque. Era fenomenalmente forte, capaz de quebrar rochedos e arrancar árvores enraizadas. Os seus amigos animais serviam como mensageiros e montaria, algumas lendas dizem que ele até aprendeu a falar com os animais. Várias outras histórias contam que Kintaro lutava com demónios da montanha (Yokai), vencia ursos e ajudava os lenhadores locais a derrubar árvores.

    Um dia quando voltava da floresta com seus companheiros animais, um lenhador o viu tirar uma arvore do chão só com as mãos e o seguiu ate a sua casa. Kintaro e sua mae foram pegos de surpresa, O lenhador era na verdade um dos grandes generais do Japão. Sadamitsu, vassalo do poderoso lorde Minamoto-no-Yorimitsu. Que o levou a Minamoto.

    ilustração de Minamoto

    Lá Minamoto-no-yorimitsu o fez um de seus vassalos de uma só vez , quando cresceu e se tornou homem Kintaro trocou seu nome pelo de Sakata Kintoke, seu mestre o fez chefe dos Quatro Bravos. Ele era de longe o mais forte de todos, Logo após esse evento foram trazidas  noticias á cidade de que um monstro canibal estava aterrorizando  as pessoas. Lorde Minamoto-no-Yorimitsu ordenou que kintaro fosse para-lo. Encantado com a perspectiva de tentar sua espada Kintaro foi ao esconderijo do monstro.  após a vitoria kintaro levou a cabeça ao seu mestre.

    imagem do Sakata Kintoke no jogo Nioh

    E com isso Kintaro passou a ser o maior herói de seu país. Curiosidade para o publico geek a um personagem em mortal combat que carrega o nome desse herói e assim como o kintaro do folclore japonês também é muito forte e meio selvagem e claro o visual não tem nenhuma semelhança

    Inscreva se no meu canal do YouTube onde eu posto conteúdo sobre varias historias e significado da tatuagem e a cultura oriental. deixe também seus comentários e sugestões sobre novos conteúdos que você quer ver nos próximos vídeos, deixe seu like o link para o canal esta aqui abaixo.

    https://www.youtube.com/user/shimadatattoo

  • kintaro,  Shimada Tattoo,  tattoo,  Tatuagem Asiática,  Tatuagem Japonesa,  Técnica Tebori Tatuagem,  Wabori Tattoo

    Kintaro

    1200px-Sakata_Kaidomaru

    Sakata Kintoki, Sakata Kaidomaru ou Kintaro. (menino dourado). Nascido em meados de 956. Ano Tenryaku 10, na cidade de Nagahama, Sakata província de Shiga-ken Japão. Filho de criação da princesa Yaegiri, filha de Shiman-chouja da aldeia de Jizodo, próximo ao monte Ashigara. Foi amaldiçoada pelo poderoso dragão vermelho. A princesa Yaegiri, por causa de sua horrível aparência, decidiu se isolar na montanha Ashigara,  onde encontrou um bebê de aspecto avermelhado. O criou em total contato com a natureza, desde muito pequeno Kintaro, apresentava uma disposição e força incrível, seu passatempo favorito eram  lutas de sumo com os animais, pois até então Kintaro não tinha contato com outros seres humanos além de sua mãe.

    Todos  temiam encontrar pelo monte Ashigara, a princesa Yaegiri, que era conhecida por sua aparência como “A Bruxa de Ashigara”. Conta em sua lenda que após derrotar os demônios de Ashigara usando apenas uma machadinha. Caminhava para a fase adulta, levado por aldrões a presença de Minamoto Yamorimitsu, impressionado com a força do garoto o tornou como guarda de sua segurança pessoal. Kintoro acompanhou Minamoto Yorimitsu em suas viagens, Em Kyoto Kintaro estudou artes marciais e liderou por muitos anos o grupo Shitenou. Após o contato com Minamoto-no Yorimitsu Kintaro passou a se chamar Sakata Kintoki, ou Sakata Kaidomaru. Kintaro é uma figura muito importante no teatro Kabuki e Noh.

    Texto e desenho feito por Felipe Yaemori.

  • Ganesha Tattoo,  Shimada Tattoo,  tattoo,  Wabori Tattoo

    Ganesha Tattoo by Toshio Shimada

    230169_10150192779827277_4233952_n copy

    Ganesha, Ganesa, Ganesh ou Ganapati (em sânscrito: गणेश, ou श्रीगणेश, quando usado para distinguir status de “senhor”) é um dos mais conhecidos e veneradosdeuses do hinduísmo. Ele é o primeiro filho de Shiva e Parvati, e o esposo de Buddhi, também chamada Riddhi e Siddhi. Ele é chamado também de Vinayaka em Kannada,Malayalam e Marathi, Vinayagar e Pillayar em tâmil, e Vinayakudu em Telugu. Ga simboliza Buddhi (intelecto) e Na simboliza Vijnana (sabedoria). Ganesha é considerado o mestre do intelecto e da sabedoria. Ele é representado como uma divindade amarela ou vermelha, com uma grande barriga, quatro braços e a cabeça de elefante com uma única presa, montado em um rato. É, habitualmente, representado sentado, com uma perna levantada e curvada por cima da outra. Em geral, antepõe-se, ao seu nome, o título Hindu de respeito Shri ou Sri.
    Ganesha é o símbolo das soluções lógicas e deve ser interpretado como tal. Seu corpo é humano enquanto que a cabeça é de um elefante; ao mesmo tempo, seu transporte (vahana) é um rato. Desta forma, Ganesha representa uma solução lógica para os problemas: é o “Destruidor de Obstáculos”. Sua consorte é Buddhi (um sinônimo de “mente”) e ele é adorado junto de Lakshmi (a deusa da abundância) pelos mercadores e homens de negócio. O culto de Ganesha é amplamente difundido, mesmo fora daÍndia. Seus devotos são chamados Ganapatyas

    para quem estiver afim de marcar horário ou dúvidas só enviar mensagem pelo  formulário abaixo

  • Shimada Tattoo,  tattoo,  Tatuagem Asiática,  Tatuagem Japonesa,  Wabori Tattoo

    TOKYO TATTOO By MARTHA COOPER

    TOKYO TATTOO By MARTHA COOPER

    In 1970, as a young photographer, Martha Cooper moved from the USA to Tokyo and became fascinated with Irezumi, the art of Japanese tattooing. This great shot from Martha’s Tokyo Tattoo 1970 book represents one of the many gems captured during her stay abroad. Featured are a young couple being tattooed by Japanese tattoo master Bunzo Yamada aka Horibun I in the town of Okachimachi.
    The work of a traditional Japanese tattoo master in 1970 In 1970, photographer Martha Cooper came to Tokyo and immediately focused on documenting traditional Japanese tattooist Horibun I. Tokyo Tattoo 1970 is a book about the traditional art of tattooing and a portrait of a master artist. Japanese tattoo was a secret art form in the early 1970s. The masters of the traditional techniques were working in small studios, and tattooing was something for a distinguished few. No one could foresee the incredible rise of the art of tattoo internationally in the past 20 years. Horibun I worked with traditional Japanese methods, tattoos made by hand, with different sized needles bound to sticks which he dipped into coloured inks. His motifs were all derived from traditional Japanese legends. Horibun I was a rare tattooist, as he was open to letting a foreigner come to photograph him and his customers. Tokyo Tattoo 1970 tells the story of a Japanese tattoo master and his work. We see him at work, meet his customers, who show their tattoos, and follow Horibun on a pilgrimage to a holy Shinto shrine. Martha Cooper’s pictures show the process of the tattooist’s work as well as finished motifs from an era long gone. Tokyo Tattoo was Martha Cooper’s first study of a subculture, which launched her on a ten-year-long immersion into the graffiti and street art of New York City.